JAIME PRADES
BLOG       OBRAS       TEXTOS       CONTATO
SÉRIES DESDE 1987
MÁQUINAS TOTENS ABSURDOS XÂMANICOS NATUREZA HUMANA
TRABALHOS RECENTES
DOCUMENTOS
PINTURAS ESCULTURAS DESENHOS CATÁLOGOS ARQUIVO
EXPOSIçãO OSSO CATáLOGO ON-LINE
Em "OSSO" JP parte de um impulso acumulativo para chegar a um pensamento sintético sobre a relação entre o homem, a cultura e a natureza. Paula Alzugaray(CLIQUE PARA ABRIR)
PINTURAS SOBRE PAPEL 2017
A nova série de Jaime Prades investiga a tradição da pintura mural desde o afresco até o grafiti. O artista explora uma paleta rebaixada que lembra a experiência cromática de tempos passados uma vez que a cor que atualmente pauta nosso olhar é a da imagem de alta reprodutibilidade, ou seja, a cor pujante e viva que tem por objetivo inscrever-se pelo impacto em nossa memoria – e também tem pouco tempo de ressonância para nós, sendo substituída por outra com relativa rapidez. A abstração geométrica que Prades conjuga com a escolha dessa palheta visa também não se referir a uma mensagem imediata, mas funcionar tal como a música, trazendo a sensação de um tempo mais lento e perene. Ana Avelar / curadora(CLIQUE PARA ABRIR)
ARTE NA PAISAGEM CATáLOGO ON-LINE
Uma arte solar, em espaços abertos, em espaços inusitados, resgatando o diálogo com a arquitetura. A arte mural reinventada pela linguagem gráfica gestada nas ruas. Grafismos essenciais minimalistas, construtivos, apoiados nos fundamentos do arcaico, do moderno e da contemporaneidade.(CLIQUE PARA ABRIR)
COLEçãO CHAGAS FREITAS
"Gostaria de dizer que tua obra é magnânima, cheia de nuâncias e simbolismos. Mesmo que não explícitos, mas intrínsecos em sua carga poética e criativa. Estou muito feliz por vc fazer parte de minha coleção de arte. Forte abraço," Chagas Freitas 22 julho 17
PINTURAS SOBRE TELA 2017
A nova série de Jaime Prades investiga a tradição da pintura mural desde o afresco até o grafiti. O artista explora uma paleta rebaixada que lembra a experiência cromática de tempos passados uma vez que a cor que atualmente pauta nosso olhar é a da imagem de alta reprodutibilidade, ou seja, a cor pujante e viva que tem por objetivo inscrever-se pelo impacto em nossa memoria – e também tem pouco tempo de ressonância para nós, sendo substituída por outra com relativa rapidez. A abstração geométrica que Prades conjuga com a escolha dessa palheta visa também não se referir a uma mensagem imediata, mas funcionar tal como a música, trazendo a sensação de um tempo mais lento e perene. Ana Avelar / curadora(CLIQUE PARA ABRIR)
ONU/VIRADA SUSTENTÁVEL 2017
17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, documento norteador da ONU. 17 painéis, cada um com as artes de 17 artistas da cena urbana brasileira. Arte e consciência, o espírito fundamental da Virada Sustentável desde as suas origens 8 anos atrás.(CLIQUE PARA ABRIR)
ARTE E DESIGN JAIME PRADES NA HERANçA CULTURAL
A Herança Cultural representa alguns dos designers de mobiliário mais importantes do Brasil: Joaquim Tenreiro, Sergio Rodrigues, Zanine e Caldas, Arthur Casas, Zanini de Zanine entre eles. Pela sinergia entre as minhas obras recentes e o mobiliário moderno e contemporâneo, a convite de Maria Alice e Pablo Casas, 12 trabalhos do meu acervo estarão expostos no espaço durante alguns meses de 2017. (CLIQUE PARA ABRIR)
EXPOSIçãO "DENTRO" CATáLOGO ON-LINE
“Dentro” de JP representa um salto, como se o artista, ao invés de atravessar uma ponte, resolvesse cruzar o rio pulando de uma margem para outra. Fabio Magalhães(CLIQUE PARA ABRIR)
DESTAQUES